Los Destemidos: a fotografia em favor da saúde e do esporte

Superar desafios. Crescer na dificuldade. Persistir, não importa o quão grande pareça o obstáculo! Esse é o espírito dos grandes atletas. Mas você já parou para pensar que a fotografia pode ter um papel crucial na motivação de equipes que participam de competições de alta performance?

Nesta matéria, vamos compartilhar algumas curiosidades sobre a corrida El Cruce e como a fotografia possui uma importância significativa no desempenho dos atletas que estão se preparando para participar dela!

Confira!!

Los Destemidos, uma trajetória de foco e superação

Você já ouviu falar na corrida El Cruce? Trata-se de uma corrida de montanha, uma ultramaratona multi-day, que acontece entre o Chile e a Argentina, cruzando a cordilheira dos Andes. São três dias de prova, cada um com uma distância e um nível de dificuldade diferentes que, no final dos três dias somam, aproximadamente, 100 km percorridos.

Ficou cansado só de pensar?

Realmente, a preparação exige bastante dos atletas. Quem confirma é André Ricardo Souza, treinador do Los Destemidos, grupo de 17 atletas que está treinando para a competição desde 2016. “Os treinos são diversificados e envolvem desde musculação e funcional, até treinos específicos de caminhadas e corridas. Treinamos em terrenos diversos também, sempre priorizando terra, grama e subidas”, conta.

Conforme compartilha ele, os preparo físico dos atletas geralmente começa entre 8 e 10 meses antes da competição. O mais incrível em relação ao Los Destemidos, porém, não é somente a forma como eles encaram com seriedade o treinamento e os desafios. É o papel que a fotografia ocupa nesse processo.

Fotografia: um elemento de motivação!

A foto já é parte da rotina de treinos da equipe Los Destemidos. “Temos o costume de fotografar os treinos, seja no início, durante ou no final. A foto serve como um estímulo para os atletas envolvidos e para as pessoas que nos acompanham via redes sociais. Temos um Instagram do grupo Los Destemidos”, conta André.

Através da conta na rede social, a equipe de atletas compartilha suas vitórias – o que simboliza um enorme estímulo para encarar os treinos mais pesados e os obstáculos que se apresentam. Nesse contexto, a fotografia se tornou praticamente um membro a mais da equipe!

Além disso, considerando a El Cruce, a foto e o visual das montanhas também terão uma função motivacional durante as horas de prova.

“A corrida de montanha tem o apelo visual, passamos por lugares que dificilmente passaríamos em outras condições. Com certeza, vivenciar a prova e as paisagens é um dos maiores estímulos. Fotografar por lá é uma das formas de eternizar o momento, registrando fielmente o que estaremos vivenciando e, até mesmo, ‘justificando’ para quem não está lá o motivo de tanta dedicação ao longo do preparo”, conclui André.

E aí, ficou inspirado com a história da equipe Los Destemidos? Se você curtiu esta matéria, aproveite para compartilhar com os amigos que também são apaixonados por fotografia e esportes!