Lívia Oliveira: conheça a trajetória de sucesso da Youtuber Mirim e sua paixão pela fotografia

No auge de seus 8 anos de idade, Lívia Oliveira vive um momento incrível: além de ir à escola e brincar com as amigas como todas as crianças de seu tamanho, ela já exerce uma outra paixão de maneira notável. Como Youtuber Mirim, a menina inspira quase 27.000 pessoas que acompanham seu canal com um conteúdo inovador e repleto de alto-astral.

E aí, ficou curiosa para conhecer um pouco mais sobre o canal da Lívia e o que a motivou a investir na paixão pela comunicação?

Então, siga a leitura e confira todos os detalhes dos bastidores do Canal da Lívia, que sua mamãe – a jornalista Priscila Mortensen – compartilhou em entrevista exclusiva à Phooto!

 

Youtuber Mirim

De comunicadora a Youtuber Mirim: conheça a história de Lívia

Entrevistas, VLOGs, viagens e todo formato de conteúdo que você possa imaginar estão presentes no canal de Lívia Oliveira. O grande diferencial é ver tantas histórias incríveis narradas por uma criança de 8 anos, com tamanha eloquência e naturalidade.

Conforme relata Priscila, a mãe de Lívia, a menina sempre foi comunicativa e curiosa. “A primeira vez que notei que a Lívia não seria uma garotinha tímida foi quando ela tinha cerca de 1 ano e meio. Nesta época, ela já pegava a escova de cabelo – imitando ser um microfone -, falando feito tagarela na frente do espelho”, relembra.

A mamãe-coruja recorda que, antes mesmo de completar três anos, a pequena já dizia que seria apresentadora de TV e atriz. “Acredito que ela nasceu com isso. Está no espírito dela ser assim, comunicativa”, pontua Priscila. Mas não foi do dia para a noite que surgiu o canal do Youtube.

Crescimento, exposição e vida na internet

Segundo Priscila, o primeiro sonho de Lívia era atuar em uma novela ou programa de TV aberta. Porém, como se tratava de um objetivo ousado, ela optou por começar pelo Youtube. Só que a rede social despertou algumas preocupações na família – principalmente devido à exposição na internet.

“Conseguir me convencer foi um grande obstáculo para ela. Busquei até ajuda psicológica para decidir se deveria ou não apoiar uma criança tão pequena nesses sonhos tão grandes”, expõe Priscila.

Então, aos 4 anos, ela fez os primeiros vídeos. “Mas foi só aos 7 anos, no final de 2017, que deixei os vídeos da Lívia públicos no canal. Há cerca de 1 ano vejo minha filha se dedicar cada vez mais ao conteúdo do canal”, relata a mamãe, orgulhosa.

No entanto, principalmente diante do crescimento do canal, Priscila mantém alguns cuidados estratégicos em relação à privacidade e imagem da filha.

“A conta da Lívia no Youtube é 100% monitorada por mim. Apesar de ser uma Youtuber Mirim, ela é blindada nas redes sociais e não tem nenhum tipo de acesso direto ao público – seja via Youtube, Instagram, Facebook ou Whatsapp. Eu jamais a deixaria ficar exposta aos riscos da internet”, esclarece.

O papel das fotografias na vida de Lívia

O Youtube é uma rede social extremamente focada na interação através da imagem. Não é de se estranhar, portanto, que Lívia e sua mamãe sejam apaixonadas por fotografias.

Amo fotos! Faltam paredes na minha casa para ter espaço para todos os painéis que eu gostaria de montar. Não precisamos de muitos anos para notar que nossos filhos crescem, que as pessoas envelhecem e que a vida aqui na Terra passa rápido demais!”, reflete a jornalista.

Ela ainda acrescenta: “quando vejo vídeos ou fotos de três anos atrás, já fico besta! Os dentinhos de leite que estavam todos lá, os cachos do cabelo que ainda não tinham sido cortados, aquele vestidinho lindo que hoje já não serve mais! Muitas coisas poderiam ser esquecidas. Mas as fotos não nos deixam esquecer”.

Quando questionada sobre como acha que vai se sentir daqui a alguns anos, revendo os vídeos da Lívia, Priscila é categórica ao afirmar: “com certeza vou chorar de alegria, orgulho e saudade! Mas agora que as fotos são digitais, sai bem mais barato ter várias. O filme não queima e, se a foto não ficar boa, a gente apaga e tira outra”.

Já os melhores cliques, acrescenta Priscila, são transformados em fotolivros, quadros, colocados em murais e porta retratos. “Agora sim, todos os detalhes ficam todos registrados. Isso é muito gostoso!”, conclui.

E você, ficou inspirada com a história da Lívia? Se você gostou de conhecer a trajetória da Youtuber Mirim, aproveite para compartilhar com as amigas nas redes sociais e no WhatsApp!